Sou muita ternura ou chama , sou amor e paixão , sou meiga e sonhadora, uma sonhadora eterna ! Sou assim e assim, romantica , selvagem, calma e feroz, mas... sincera

Eu mesma!

Selo para Levar Consigo


domingo, 23 de setembro de 2012

Enlouquecer-te?





Flutuo...olhos vendados
Respiro-TE
Corpos perfumados
Num ligeiro toque
De sabor adocicado

Em dedos veludo
Toco e provoco a paixão
Num êxtase agudo
E sem perdão
O olhar tem asas...mesmo na escuridão
Brisas de beijos
Delirante são as tuas mãos...
... Desaguam os sentidos...na viagem...
Na boca do vulcão sinto o vento...e sou mar,trovão

Arrepiante...

O desejo astral
O aroma da pele...é...celestial...

Perde-te neste frenesim...
Enlouquecer-te?
Fecha os olhos e sente-me assim...como eu te sinto em mim




terça-feira, 18 de setembro de 2012

Saudade com desejo


A renda é céu...pura e nua...
Provoca-me os sentidos
 Sua...
 Olhas-me com fascínio
 O mistério da lua
 Liberto-me...o perfume no ar
 Tocas-me num desafio
 Sinto o desejo chegar...

Voam cheiros aflorados na minha mente
 Desnudo-me nos teus lábios apaixonados
 A noite respira o orvalho doce da tua pele,melodia harmoniosa, oiço os teus gemidos que dançam no corpo e...tudo é violino em prosa

O tempo... suspira no nosso espaço

Renasço...renascemos
 A saudade em liberdade
 Em ti,em mim,em nós

Eterno é...o nosso abraço



 



quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Amor e magia



Faz-me dançar
Entre as estrelas na lua prateada
Na alma do teu corpo, a pele tem asas para voar

É sede de quem ama, mergulhar no silêncio do nada...
Flutuo, na névoa da madrugada
Como peixes na água
Num mar de pérolas adornada

São...dunas de amor onde me encontro, primorosa constelação, o saboroso abraço do céu...

É em ti que os meus sonhos flutuam,emoção, natural, coração, astro real...
...És meu

Do orvalho que nasce em mim
Renasci
E nas letras da saudade
Continuo a escrever para ti...

Não me acordes...etérea, sou...
...No infinito do amor, és-me magia
 

Perfume do amor


O teu olhar é um beijo que ama...é a carícia perfumada que sinto na alma...

Desejos




Desejos
perco o controlo e viajo nas emoções

Percorro-te lentamente com a língua provocante
arrepio-te os sentidos, choras sem motivo
escuto a tua voz rouca e ofegante
meu delírio ao universo explosivo

No mar do erotismo
doce, profundo, salgado, agudo
respiro-te, aprecio-te
gero o gemido alucinante
da  loucura apaixonada
e sem escudo

No mapa do teu corpo, descubro-te

Toques em fogo,  flamantes
malandra, irrequieta, suplicas-me sem fim
ardes sem controlo, gemes aos deuses
perdes-te em mim

O perfume de tanto amar
flores flutuam na espuma branca
suspiros suados no nosso olhar
explosão da nossa dança

Pele com pele, suspiros salgados, ardentes
da união dos nossos beijos, esquecidos no tempo
o delírio...felizes




segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Paraíso quente



Nas ondas do oceano sem dias
Nos amamos
E assim nasce da saudade perdida
Que nos arrasta e consome, o amor em núpcias

Momentos, horas

E a lua sorria contente
Os nossos sentidos com asas
A paixão sem tempo na mente

Carícias, salgadas, doces, delícias, abraços explosivos

A dança dos corpos, desnudos, frenéticos...envoltos no cosmos
Prazer e aromas, desejos, paixão perfumada, movimentos loucos...guerreiros
Boca...lábios, as mãos...arrepios, sopros nos seios, provocação, desafio...tempestade no ventre, gemidos...profundamente...orvalho dos nossos fluidos

Vénus

E tu foste meu...e a noite despe-se em nós e eu fui tua
Num mar de céus


E num impulso vivemos a nossa magia
Em ondulações de alegria







 

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Asas quebradas

Ontem eu caí...a mágoa foi tanta por sentir...sim,sentir
Sou alma magoada,ferida...num agudo lamento não procuro nada... o nada é tudo o que tenho de momento...

Mas esse nada...é tudo o que posso dar...para não desistir

Soltaram-se de mim as asas...quebradas de tanta dor e sofrimento

Caídas no chão com receio de voar e com tristeza, negras...fico com sono,para nunca acordar no abandono das angustias vividas...o coração frio...sigo sem rumo,sinto na alma o vazio,sou silêncio...

Ontem eu caí...hoje...sim hoje eu levantei-me....

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

O livro




Lê-me...
 
Sente cada página de desejo que ama quando escrevo o nosso espaço e ouve o murmúrio de um gemido de palavras que se unem num abraço
Ama-me...sem tempo
Respira cada letra que vive neste livro....são toques,puro é...o sentimento

É mistério
Adão e Eva sem critérios
É luar,saudade
São lágrimas
É sol, alegria
A nossa magia
É chuva, solitária
A triste agonia
São sombras na escuridão
Perdidas na solidão
São bocas,desejo
Lábios num beijo
É corpo,paixão
Vontades discretas,devaneios
É sangue,coração
Os sentidos com asas
É erotismo,sensualidade em liberdade

São memórias,momentos,encontros,olhares,histórias,desencontros
É vida
Este livro sou eu,somos nós..é teu
 
Desfolha-ME...
Sou a pele que acaricias nos teus dedos...voam...descontrolados,sou flor...nada mais que um livro de amor,o céu dos nossos segredos e o inferno dos nossos pecados