Sou muita ternura ou chama , sou amor e paixão , sou meiga e sonhadora, uma sonhadora eterna ! Sou assim e assim, romantica , selvagem, calma e feroz, mas... sincera

Eu mesma!

Selo para Levar Consigo


quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Maria





Dou-te o meu olhar
O que vês? nada sentes?
Olha-me...para além da terra,do mar
Para além de mim,sem medo
O que vês? será um segredo?


 Não...os meus olhos falam dor,inverno sem saudade
Horizonte perdido nas asas da poesia
No céu a estrela solitária,mulher guerreira,a inocência de uma criança,a tua Maria
Respiro nas letras perfumadas.,a tímida liberdade

Meu amor ,sou corpo,alma e espírito que se unem para sonhar
No meu olhar brilha o desejo de estar sempre ao teu lado e chora a desilusão de um dia ter de acordar
São olhos de carinho,carícias e que se lembram de um sorriso,a vontade infinita,quiçá a malícia,de quem quer outro beijo e abraçar o paraíso

Sentes-me? que mistério é este?

 É amor,afeição,tristeza,paixão,luz,emoção,ilusão na escuridão,do desespero a esperança e no vulcão do coração,vivem marcas de vida.,dores perdidas na solidão
Lágrimas,sim...salgadas,doces,caladas que que voam na brisa delicada e que esperam por ti e que as oiças,sentidas

É o mistério,que neste momento é vento,sussurra-me e beija-me o rosto com sentimento,o murmurar é lento,os sonhos voam no túnel do tempo

Olha-me...mas sente-me
Tenho o passado no silêncio do luar,preso,acorrentado nas angústias passadas,feridas...sim,ainda por sarar,quando escrevo o que sinto pela madrugada,o sofrimento viaja na memória do olhar

Consegues sentir-me ou ler-me? diz que sim...olha-me docemente
Não canto que te amo, o meu olhar dança,nesta infinita distância que nos separa eternamente

Amo-te todos os dias e para sempre