Sou muita ternura ou chama , sou amor e paixão , sou meiga e sonhadora, uma sonhadora eterna ! Sou assim e assim, romantica , selvagem, calma e feroz, mas... sincera

Eu mesma!

Selo para Levar Consigo


domingo, 20 de abril de 2014

Há dias assim...





Há dias, a poesia não vive...

Porque há partidas onde nunca cheguei
palavras que nunca disse e por quem me apaixonei 
outras, jamais as direi 
há paixão que ainda não vivi 
e o amor que já te dei e não dei

Há dias assim...

Tudo esfria, no corpo, na alma, no coração
no vasto silêncio dos dias, o tempo chora lento 
(a tua ausência, o reencontro no pensamento )
o poema adormece-me no deserto da mão

Há flores, dias e noites, indiferentes às minhas aflições

O grito guardado
a saudade em brasa e arde
um toque esquecido no passado

Há dias assim...tudo é em vão

O mundo revirado
no avesso de mim mesma
as lágrimas ferem a realidade

Foram dias assim, amei-te sem saberes

Os poemas amarrotados, gritavam na gaveta, abandonados...

As nossas recordações