Sou muita ternura ou chama , sou amor e paixão , sou meiga e sonhadora, uma sonhadora eterna ! Sou assim e assim, romantica , selvagem, calma e feroz, mas... sincera

Eu mesma!

Selo para Levar Consigo


terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Sentidos perdidos...

Ao som das ondas
Do mar revolto
Impulsiva acordo

As tuas mãos e lábios
Torcendo-me em gemidos
Roçando meus seios
No desejo da alegria vadios

Na gruta húmida ,ansiosa
Suco quente e doce
Mais fundo,borboleta gloriosa

Ah, o prazer!
Esse ofegante ardor
Sentir-te em mim
Extasiante odor

Ritmo de dança forte
Tango de corpos
Suados, excitantes, sem norte

É a minha vez...vem...

Quero-te em apuros
Abraçando os corpos
Aflorando
O teu prazer em nós

Nu...escultura...extase infindo
Lábios veludo, suaves, carnudos
Sorrindo...

Boca de sangue ardente
Unhas cravantes
Arrepio-te, ficas sem mente
Na pele doce,sem dores

Como uma serpente atraente
É o sentido perdido,perdida!
Alcatraz... na pele sadicamente

Beijar-te acordada
Deitados na cama ...
Sensação infinita
Raios de sol..."Grita!"

Esta manhã acordei a teu lado...

2 comentários:

  1. Muito lindo!o teu poema.Bélo.Como era acordar nos teus braços

    ResponderEliminar
  2. Seria acordar com o sorriso do amor,beijinhos meu querido

    ResponderEliminar