Sou muita ternura ou chama , sou amor e paixão , sou meiga e sonhadora, uma sonhadora eterna ! Sou assim e assim, romantica , selvagem, calma e feroz, mas... sincera

Eu mesma!

Selo para Levar Consigo


sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Medos



 Enfrentei os meus medos

Andei na mesma rua
 Não vi a tua sombra
Senti a verdade nua e crua

Enfrentei os meus medos

 Morri e renasci
Ausente do teu olhar
Libertei os meus segredos
A ausência pressenti
 Da dor, loucura por te amar

Enfrentei os meus medos

 No fado da tua voz
 Chorei na pele o calafrio
Ao sentir o amor em nós
Perdida no lamento, o vazio

Prometi a mim mesma não chorar
 Calquei o coração
Retornei ao mesmo lugar
 Esmaguei esta paixão

Oh, meu amor, meu amor

Amargurada, recordo o teu olhar
 Invisível passo e morro no teu tempo
Calada, na esperança de te alcançar
 Espero por ti, na demora do pensamento

Prometi, prometi
Mas se tu és poema, o meu afecto
E viver é em ti renascer
Nada mais prometo




1 comentário: