Sou muita ternura ou chama , sou amor e paixão , sou meiga e sonhadora, uma sonhadora eterna ! Sou assim e assim, romantica , selvagem, calma e feroz, mas... sincera

Eu mesma!

Selo para Levar Consigo


segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Cigano do amor

Sorriso malandro e ousado
Olhar profundo e brilhante
És o meu delírio abraçado
Atraente e provocante

Encantas-me sem palavras
Oiço o "toque"nas guitarras
Coração num mar de chamas
A sombra do lobo na fogueira
Diabruras desejadas
Com garra dançando na poeira

Sorris-me na melodia
Passeias-me com os teus dedos por inteira
Tocas-me com alegria
Doçura suada em
gotas salgadas
Beijas-me os lábios com ousadia
Para me provocar e fico exaltada

Ao sabor da tua voz...sinto-me nas
tuas mãos
Deliro nas asas do vento quente
Nossos corpos unidos
no chão 
Danças comigo na pele ardente
Entrego-me liberta sem estar atenta
O amor que arde no sol paixão

 Loucura,aventura,abismal
 Visto-me cigana na mente
És gemido,chuva doce sem igual

Delirei...entre a terra e o céu
Voei no pensamento

Dançamos com os pés descalços na grama
Molhados de orvalho,sou tua és meu
O êxtase na relva sem cama
Natureza pura de sentimento

Esta é a união ...
Encontrei o meu cigano
Meu espírito
Meu corpo
Regozijo-me!

4 comentários:

  1. Quando se encontra amor assim...cigano puro e pleno, o poema nasce de inspiração divina. E, divino, querida Paula, é o teu poema. Parabéns. Adoro a tua escrita. Beijinho amigo e uma flor.:)

    ResponderEliminar
  2. Sorte de cigano,ser assim despertar esta paixão que eu queria tanto para mim.Extraordinário o teu poema.Parabéns Paula.Adoro e não encontro igual.Tens o Dom dos eleitos.

    ResponderEliminar
  3. Bom dia minha querida, obrigada pelas tuas palavras, assim o meu dia sorri mais belo, beijinhos no sol do coração

    ResponderEliminar
  4. Bom dia Carlos,obrigada meu lindo poeta,é a paixão que vive no luar e no sol do coração, beijinhos mil

    ResponderEliminar