Sou muita ternura ou chama , sou amor e paixão , sou meiga e sonhadora, uma sonhadora eterna ! Sou assim e assim, romantica , selvagem, calma e feroz, mas... sincera

Eu mesma!

Selo para Levar Consigo


sábado, 7 de janeiro de 2012

O silêncio do tempo

Quando sentires a natureza nos teus pensamentos, são as minhas lágrimas mortas e com saudade que desaguam no rio do teu esquecimento, o vento são os meus suspiros que beijam as folhas das árvores,onde o destino,seu caminho forrado de outono chorou nas minhas mãos...conta as que voam e flutuam no chão,são meses de espera por um sonho de amor que o tempo esqueceu na solidão
 As aves gritam no silêncio do inverno
É isso
Amei-te....

1 comentário:

  1. E ainda reclamam dos teus poemas......eu só vejo beleza nas tuas palavras, se alguém vê maldade, é porque onde devia estar o coração está uma pedra...muito belo amiga, beijinho
    Manuela

    ResponderEliminar