Sou muita ternura ou chama , sou amor e paixão , sou meiga e sonhadora, uma sonhadora eterna ! Sou assim e assim, romantica , selvagem, calma e feroz, mas... sincera

Eu mesma!

Selo para Levar Consigo


segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Despedida






Quando poderei seguir viagem?
se a minha força, a tua coragem

Como te poderei esquecer?
se o teu corpo respira no meu
é beijo, sorriso, que me faz viver

Acordo, oiço-te na alma e ainda cai a madrugada
e choro, silenciosa, a dor da tua voz
(murmúrios da boca cansada)

Como dizer-te adeus, és breve na chegada
(diz-me, prometo não chorar, já senti o nada)

Se da minha pele entristecida, por ti, nasce a poesia adormecida
(sou tua e tanto, tanto, tua)
será poema a nossa vida

És o segredo que guardo no céu



1 comentário:

  1. Querida amiga Paula !!!

    Passando por aqui esperando que tenha
    Tido um maravilhoso Natal e, para desejar-lhe
    Um Ano Novo com muitas felicidades, saúde,
    Paz e amor em seu coração.
    Que seu caminho seja sempre iluminado e
    Abençoado.

    Beijos de luz !

    POETA CIGANO – 25/12/2013

    http://carlosrimolo.blogspot.com
    “Poesias do Poeta Cigano”

    ResponderEliminar